Fechar
Acesso Restrito
Foundry Gate
PDF Imprimir E-mail

Aços Labatut – A tradição de sempre olhar para o futuro

Siderurgia Brasil — Edição 54

O comércio de ferro e aço foi a célula original da Aços Labatut, uma empresa que cresce continuamente reinvestindo seus recursos na diversificação da comercialização de seus produtos.

A Aços Labatut, uma empresa que iniciou toda esta trajetória comercializando sucata de ferro e aço nos anos 70, guarda intacto o espírito empreendedor de seu fundador, Orlando Boscolo. Hoje sediada no bairro do Ipiranga na cidade de São Paulo, tradicional reduto do setor de distribuição de aços, a empresa opera com uma ampla linha de produtos, resultado da política de reinvestir continuamente na expansão da empresa e na diversificação da comercialização de produtos siderúrgicos.
Em 1982, devido à redução da oferta de sucata no mercado, a Labatut decidiu alterar sua estratégia de atuação direcionando-a para a distribuição e revenda de ferro e aço. A primeira compra dentro deste novo perfil de produtos deu-se através da extinta Siderúrgica Aliperti. “Foram 33 toneladas de ferro chato, cantoneira e vigamentos, os quais foram pagos com sucata”, recorda Elman Boscolo, diretor comercial da empresa. “Desde essa época, o foco dos negócios foi sempre manter um estoque amplo e diversificado de produtos. Portanto não é por acaso que fomos buscar novos nichos de mercado, como aços alta liga, aços para construção mecânica, aços trefilados e, por fim, aços planos com ênfase maior na linha de oxicorte, e sempre com a mesma política de manter todos os produtos em nossos estoques e regidos hoje sob as normas da série ISO 9001:2000.”
A estratégia de reinvestir na própria empresa permitiu a expansão de suas instalações e equipamentos. Atualmente, a Labatut ocupa uma área de 4.500 m², onde estão localizados seus setores de serviços e de armazenagem. “Devido ao atual momento de crise que o mundo vive desde o segundo semestre de 2008, ao invés de aguardar os acontecimentos, decidimos agir e investimos na fabricação de aços retificados e em um novo setor de corte de metais, agora a jato d’água, diversificando ainda mais nosso portfolio de produtos”, explica Elman.
A Aços Labatut atende vários segmentos industriais, entre os quais destacam-se a indústria automobilística, de plásticos, de máquinas, equipamentos e mecânica pesada. Em comparação com o primeiro semestre do ano de 2008, seu volume de negócios se retraiu entre 30% e 35%. “Buscamos junto a nossos fornecedores o realinhamento de seus preços, e todos os descontos que eles nos concederam foram imediatamente transferidos para nossos clientes. Estamos cientes de que esta política de preços nos trouxe prejuízos, porém o momento não é para contabilizar perdas e sim trabalhar e seguir adiante com nossos projetos”, anima-se o diretor comercial da Labatut.
Elman Boscolo se considera otimista, mas acha que a recuperação da atividade econômica será lenta e gradual, porém com mais firmeza nos conceitos e processos. “Acreditamos que, no segundo semestre deste ano, teremos um crescimento de negócios pouco significativo. Atualmente existe uma corrida aos produtos importados e, quando olhamos os diferenciais entre os preços dos diversos tipos de aços já internados e os dos produtos nacionais, vemos que as diferenças são substanciais, chegando a 30%. Com o governo criando proteções para o mercado interno, as siderúrgicas brasileiras se sentem confortáveis em manter seus preços sem se importar em melhorar seus processos e reduzir seus preços. Dessa forma, elas se comportam como empresas globais, esquecendo que a maior parte de suas vendas é feita no mercado interno”, observa Elman.
Buscando novas fronteiras de atuação, a Aços Labatut participará da 20ª Expo-Usipa, em Ipatinga, Minas Gerais, estreitando desta forma seus relacionamentos com vários clientes e criando uma sinergia com novos mercados. “Estamos criando neste momento um marco diferencial na Aços Labatut, onde investir em marketing em pessoas se torna tão importante quanto nossos investimentos em produtos, estoques, logística, estrutura e equipamentos”, afirma Elman Boscolo. “Esta será a nova postura da Aços Labatut junto ao mercado de ferro e aço: ação, comprometimento e retidão. Esses passos estão sendo agregados à história de uma empresa com 34 anos de atuação no mercado, com respeito aos clientes, aos colaboradores e aos preceitos de seu fundador, Orlando Boscolo.”
www.labatut.com.br