Fechar
Acesso Restrito
PDF Imprimir E-mail

O aço inox da cozinha

Siderurgia Brasil — Edição 48
Aços Inoxidáveis em 10 Nov 2008

Resistentes, os utensílios de inox podem ser usados no dia-a-dia sem comprometer a beleza, desde que corretamente conservados. Conheça algumas dicas.

A adoção de produtos de aço inox nas cozinhas é cada vez maior. Inicialmente comum nas baixelas e talheres, o inox tem conquistado mais espaço, migrando para panelas, bancadas, cubas, frigideiras e eletrodomésticos, em decorrência da aparência, resistência à corrosão e suas propriedades de conservação de alimentos.
Entretanto, muitas residências ainda poupam os produtos de inox, que acabam saindo do armário somente em ocasiões especiais. É o caso de baixelas, conjuntos para chá e café, aparelhos de fondue, bandejas, rechauds e baldes para gelo. Entretanto, não é preciso reduzir o uso para evitar o desgaste desses produtos, isso porque, segundo Arturo Chao Maceiras, diretor-executivo do Núcleo de Desenvolvimento Técnico Mercadológico do Aço Inoxidável (Núcleo Inox), se for bem cuidado, o aço inox de qualidade tem grande durabilidade, mantendo sua beleza e brilho por muito tempo.
Os cuidados de conservação são fáceis, segundo a entidade. “É possível preservá-lo contra corrosão, mantendo sua beleza e brilho por muito mais tempo, com procedimentos simples, usando apenas água, sabão e detergentes neutros”, afirma Maceiras.
O aço inox não oxida da mesma forma que os produtos de aço carbono que ao enferrujar ficam com uma camada vermelha descascada. “As eventuais manchas na superfície de um utensílio de inox, na maioria, são originadas por partículas de ferro que contaminaram o aço inox. São essas partículas que estão enferrujando e não a panela”, cita Chao.
O especialista explica que, para as manchas mais resistentes, uma dica é aplicar a mistura feita de bicarbonato de sódio e álcool doméstico. “O ideal é usar um pano macio ou bucha de náilon, mas nunca palha de aço. Além de arranhar as partes polidas, as esponjas de aço deixam minúsculas partículas que podem vir a provocar manchas”, revela.
Além de versátil, bonito e prático, o inox ajuda a economizar energia na cozinha. Por reter mais calor que outros materiais, as panelas de inox tornam-se mais econômicas no preparo de alimentos. E, por desprender menos íons metálicos, não produz cheiro, nem gosto e não libera substâncias que poderiam alterar o sabor dos alimentos. Além disso, a capacidade de suportar mudanças bruscas de temperatura torna o produto multifuncional, isto é, segue do forno para a pia tranqüilamente.
Devido a sua superfície lisa e livre de poros, o metal dificulta a adesão de bactérias, garantindo mais higiene e saúde do que outros materiais. Tem ainda uma vantagem comprovada na sua relação custo/benefício em comparação com outros materiais e, no aspecto ecológico, os equipamentos de inox, após atingirem o fim de uma longa vida de serviços, são totalmente recicláveis. •

Como preservar os utensílios de aço inox
Limpeza de rotina – A limpeza rotineira evita as eventuais manchas da superfície do aço. Os melhores produtos para conservar o aço inox são a água, o sabão, os detergentes (suaves e neutros). A limpeza de rotina pode ser feita em máquina de lavar louças. Os removedores a base de amônia (amoníacos) devem ser diluídos em água morna, aplicados com um pano macio ou uma esponja de náilon. Para enxaguar, use bastante água, preferencialmente morna e, para secar, um pano macio. A secagem é extremamente importante para evitar o aparecimento de manchas na superfície do produto.
Manchas leves – Em caso de sujeira moderada, quando a limpeza de rotina não for suficiente, pode-se aplicar uma mistura feita de gesso ou bicarbonato de sódio, dissolvida em álcool de uso doméstico. A força aplicada deve ser a mais suave possível, utilizando passadas longas e uniformes, no sentido do acabamento. Evitar esfregar com movimentos circulares.
Manchas acentuadas – Fazer uma pré-imersão em detergente morno ou quente, ou solução de um removedor a base de amônia e água. Se isso não for suficiente para amolecer alimentos queimados ou depósitos carbonizados, recorrer a produtos mais agressivos, como removedores a base de soda cáustica empregados na limpeza doméstica. Em seguida, deve-se adotar o procedimento indicado para remover sujeira moderada. Se a sujeira persistir, um método mais severo, com o emprego de produtos mais abrasivos como os sapólios, pode ser uma opção. Entretanto, esta operação pode comprometer o aspecto visual do produto, devendo ser empregada apenas em último caso.
Marcas de dedos – Remover com um pano macio ou toalha de papel umedecido em álcool (de preferência isopropílico, encontrado em farmácias de manipulação), ou solvente orgânico (éter, benzina e acetona). Para diminuir as chances de uma nova ocorrência, aplicar um polidor doméstico a base de cera ou vaselina líquida sobre a superfície limpa e seca.
Para limpar o aço inox usado no fogão – Simplesmente esfregar com um pano úmido ou esponja de náilon depois de cada uso. Para remover gorduras e manchas mais resistentes, fazer a limpeza utilizando detergente comum.
Para limpar a pia de aço inox – Usar sempre o método mais simples para a limpeza diária: sabão ou detergente caseiro (neutro), aplicados com um pano macio ou esponja de náilon. Nunca utilizar na limpeza, e nem deixe sobre a pia de aço inox, a esponja de aço comum: além de arranhar as partes polidas, ela deixa minúsculas partículas que podem vir a provocar manchas.